24 de jan de 2008

Research & Communication :: Fall / Winter 2008/2009

Esta empresa de consultoria de moda, toda estação, antecipando sempre 18 meses, apresenta multimedia on line, uma sequência sempre suave, com ricas referências para explicar cada tema, cartela de cor e tecidos. Dá para pegar um bloquinho e anotar as palavras chaves que resumem o espírito da estação. Para o inverno 2009, tecidos com muita textura, continua também as interferências artesanais bem como o uso de matérias primas cheias de tecnologia. Associam os temas à diversos segmentos - urbanwear, activewear, homewear, womenswear- Muito bom!!!
Para conhecer mais a empresa e o preview do verão 2008 navegue pelo site, é tão bom o material deles que confesso, tenho até ciúmes ;))
This company provides stylistic consultancies, all seasons, anticipating always 18 months, presents multimedia on line, a sequence always smooth, with rich references for to explain each subject, card of color and woven. You must to catch a little block of notes for to save the keywords that summarize the spirit of the season. For the winter 2009, , woven with a lot texture, continues also the craft interferences as well the use of raw materials full of technology. Associate the subjects to the diverse segments - urbanwear, activewear, homewear, womenswear- very good!!! For to know more about company and also the preview to summer 2008 visit his website. It´s so good the presentation of them that I must to confess, I´m jealoussssssssss ;))

3 comentários:

Márcia Mesquita disse...

Pois é, também tenho tido muiiita dificuldade de comprar roupa!
mas o que eu estava dizendo é da abstração da moda... sei lá, às vezes parece que é dividida em duas realidades... passarela tem q inovar, mas as marcas participam de cadernos de tendências? ou então a tendência morreu, agora cada um veste o que quiser, mas nas lojas tudo é fashion victim? ehuehuaheae muito complexo!

santa mistura disse...

marcia acho que as tendencias não morreram, acho só que o trabalho está esquisofrenico nas marcas, se é evidente que o mundo esta passando por uma crise economica que todos nós sentimos, o consumo acontece, primeiro, por necessidade... adoro a campanha o melhor plano de vida é viver... porque no meio disso tudo não dá pra gastar com superfluo, mas a segunda forma que levaria ao consumo seria se o produto conseguisse emocionar... e ai acontece os desfiles, mas se o foco está nos jornalistas e não de fato no consumidor final, tudo fica mesmo alegórico e inútil, e rios de dinheiro que falta no mercado vira pó. Então o trabalho é muito simples, neste moemnto foco no produto+cliente+vida e a percepção do estilo da marca seria consequencia de 1 trabalho com foco. è dificil de explicar, vou te dar um exemplo, 3 marcas que visitei aqui no rio numa entrevista para coordenação de produto ou estilo , eu perguntei qual era o publico e todas responderam quase que da mesma forma, todas a mulheres... ou seja estão loucas!!

mari jung disse...

Olá,
Sou a Carol Pazzeto, assistente da Rose Andrade que coordena o Bureau de tendencias da Abest +B Inspiraçao Brasil.
Gostaria de saber um endereço e telefone do responsável pelo site, para entrarmos em contato e envio de material.


Att.
Carol Pazzeto
cel:11 31512534
email: bureau@abest.com.br

www.abest.com.br
http://www.abest.com.br/NOVOS_ARQUIVOS/Abest/imprensa.asp?noticiaid=160