29 de set de 2006

A estrangeira- òpera

Jocy de Oliveira, compositora premiada aqui e lá fora e uma das pioneiras no país em multimídia e música eletrônica no palco, desde os anos 60. A partir do mito grego Medéia e de uma melodia medieval em francês arcaico, Jocy montou um espetáculo que aborda o aspecto transgressor e os conflitos da mulher atual. Durante 70 minutos você vai assistir à ópera interpretada pela soprano alemã convidada Sigune Von Osten (dias 28 e 30) e pela brasileira Gabriela Geluda (dia 29). Tudo em grego (com apenas algumas palavras em outros idiomas), é uma verdadeira experiência sonora, em alguns momentos traduzida (em português, claro) pela atriz Marilena Bibas. O hype final fica por conta do figurino e direção dos estilistas Jum Nakao e Kiko Araújo. As atrizes aparecem em trajes incríveis, feitos de cadarços. No rosto, pinturas guerreiras. Coisa para lá de contemporânea. Imperdível. via radar 55

Nenhum comentário: